4 empresas à beira da falência que deram a volta por cima

1
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 Google+ 0 0 Flares ×

empresas

A cada 10 empresas que abrem as portas, 6 delas saem do mercado antes de completar 5 anos. É normal, portanto, ter o medo de falhar na hora de empreender.

Porém, algumas organizações quase chegaram a falência e conseguiram se reerguer, gerando resultados muito melhores. Aprender com essas experiências serve tanto para se inspirar quanto, é claro, para evitar que esses erros sejam cometidos.

Por isso, veja 4 negócios que quase faliram, mas que deram a volta por cima!

1. O Pão de Açúcar é uma das empresas que quase cedeu à falência

No começo dos anos 90, o governo de Fernando Collor impôs mudanças drásticas e que foram mal recebidas por boa parte da sociedade, inclusive os empresários. Com a inflação galopante e falta de estabilidade política, o Pão de Açúcar foi um conglomerado que sofreu intensamente.

Naquele momento, o negócio estava se afundando em dívidas, com empréstimos a juros muito altos e nenhuma perspectiva de melhoria ou crescimento.

Com uma reestruturação, a empresa enxugou alguns processos, eliminou outros e se focou em se tornar uma marca próxima e de confiança dos clientes.

No primeiro trimestre de 2017, o lucro foi de mais de R$ 215 milhões.

2. A Apple está entre as que deram a volta por cima e se tornou uma das maiores do mundo

Quem vê a Apple hoje dominando o mercado tecnológico e sendo uma verdadeira referência para os apaixonados para o tema, pode não se lembrar de que ela esteve entre as empresas que quase chegaram à falência.

Isso aconteceu no final dos anos 80, quando o fundador Steve Jobs foi demitido. Enquanto Jobs se dedicou à Pixar, a Apple se via esmagada pela Microsoft e outros concorrentes.

empresas

Em 1997, Jobs foi recontratado, firmou uma parceria com sua maior rival e lançou o iMac. Menos de 10 anos depois, lançava o primeiro iPhone, que revolucionou o conceito dos dispositivos móveis.

O resultado? Uma receita de quase US$ 80 bilhões no primeiro trimestre de 2017.

3. A Philips também passou por maus bocados

De grande sucesso há algumas décadas, a Philips também está entre as empresas que quase foram à falência e que deram a volta por cima. Nos anos 90, passou por dificuldades e, embora tenha se reerguido, sofreu um novo baque na virada do milênio.

Com uma competição feroz e interessada em dar o salto de tecnologia esperado pelo público naquele momento, ela precisou passar por um longo processo de reestruturação da gestão.

Tal tarefa incluiu a venda de alguns ativos, eliminação de certas operações e expansão da oferta de serviços e produtos em certos nichos.

Nos primeiros três meses de 2017, o empreendimento viu seu lucro crescer quase 20%.

4. A Puma quase saiu do mercado definitivamente

É difícil imaginar que a Puma, que hoje fecha contratos e parcerias com grandes estrelas mundiais, já esteve prestes a falir. Mas essa era a realidade do empreendimento em 1993. Com prejuízos consecutivos acumulados nos relatórios gerenciais, a gestão passava de mão em mão com muita frequência.

Tudo mudou com a entrada Jochen Zeitz, que deu vida nova à marca diminuindo seus custos de produção e incrementando o marketing. O resultado foi um melhor posicionamento no mercado e consequente atração de mais clientes. Em 2016, a alta nas vendas foi de 10%.

Com o exemplo das empresas que já estiveram à beira da falência e que deram a volta por cima, dá para se inspirar e aumentar as chances de sucesso do seu empreendimento!

Conhece algum outro negócio que merecia estar na lista? Conte nos comentários!

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 Google+ 0 0 Flares ×